Novos tempos, novos desafios para empresas e empreendedores.

Novos tempos, novos desafios para empresas e empreendedores.

Se em épocas normais o desafio de gerenciar uma empresa já exige de seus proprietários, gestores e líderes um alto nível de conhecimento sobre planejamento, gestão, finanças, vendas e principalmente uma capacidade e destreza de relacionamento e conexão com os clientes, colaboradores e fornecedores para lidar com uma concorrência cada vez mais qualificada e agressiva, imagine isso tudo em meio à uma pandemia onde toda a população mundial se vê impedida de circular nas ruas, nos shoppings, de uma cidade para outra e até mesmo de um pais para outro.

Em um curto espaço de tempo bilhões de pessoas passaram a estar confinadas dentro de casa sem saber exatamente o que acontece lá fora, apenas com a certeza de que o maior risco a ser imputado aos infratores pode ser a morte por um vírus letal. E não só a dele mesmo, mas possivelmente também para aqueles com quem mantenha contato, inclusive seus entes mais queridos. Um verdadeiro caos.

comercio fechado covid19

Dos primeiros dias de fevereiro de 2020, quando foi proposta da lei de quarentena até o final de março, quando as primeiras mortes já começavam a ser contabilizadas, presenciamos uma avalanche de pessoas aos supermercados para fazer estoque de produtos e garantir a subsistência das suas famílias por… 30, 60, 90 dias.

Sabe-se lá por quanto tempo ainda será necessário conviver com este cenário, afinal, até o momento a ciência e a medicina ainda trabalham para encontrar uma vacina capaz de imunizar e conter a ação deste vírus chamado COVID-19.

Crise de abastecimento e um sentimento de incerteza sobre o futuro se instalou entre as pessoas, famílias e entidades. O cenário é incerto! Os noticiários abarrotados de informações desencontradas. Oportunistas de cá e de lá cheios de teorias sobre quem está mais certo ou mais errado, como se fosse possível ter uma única definição que servisse a todos.

O poder público, em determinados momentos, demonstrando forte convicção sobre o que deve ser feito atuando com medidas firmes e rápidas, em outras, demonstrando um amadorismo que faz jus aos indivíduos na sua tenra idade. Não obstante, empresas e entidades de classe navegam ao seu bel prazer seguindo o seu jogo de interesses e poder.

Aos olhos de quem assiste de fora, fica a perplexidade por tamanho descaso e a confirmação de que o país carece de pessoas e políticos com ideais humanitários e valores éticos e morais mais consistentes.

Reorganizando as ideias

Nunca vivi num cenário de guerra, mas por tudo o que já li até hoje ou assisti em filmes que remontam alguns dos embates mais significativos da história, duas coisas chamam a atenção em relação ao momento em que estamos vivendo: a primeira é a ampla falta de respeito a ordem e a segunda, uma absoluta falta de propósito, pelo menos propósitos claros e transparentes. E por que isso acontece?

As mazelas de uma sociedade estruturalmente frágil e com um corpo de conhecimento insipiente começam a emergir: corrupção, abuso de poder, apatia coletiva, situações de desmando, disputas entre entidades pelo PODER ou simplesmente para saciar o seu EGO.

Surge então uma clara oportunidade para uma reengenharia de processos, aproveitando o apelo coletivo por uma mudança verdadeira e ampla, trazendo para o setor público uma nova realidade dentro da automatização e da tecnologia da informação e para o setor privado um olhar voltado para as novas e reais necessidades de seus clientes após esse choque de realidade que a pandemia vem proporcionando.

reestruturacao empresas pandemia

Mas como saber quais serão estas novas e reais necessidades dos clientes se a grande maioria deles ainda vive refém de um jogo de sofrimento produzido pela sua própria mente? Simples assim, todo ser humano de uma forma ou outra, consciente ou inconscientemente, está conectado à sua essência mais profunda.

Essa essência tem ficado cada vez mais latente e evidente em todas as dinâmicas aplicadas por intermédio das Leis Sistêmicas descritas pelo terapeuta alemão Bert Hellinger e culminam inevitavelmente para as Ordens do Amor.

Diante deste cenário, empresários e empreendedores trazem consigo toda uma insegurança para mudar ou investir em seus negócios, direcionando-os para algo que ainda não compreendem ou sequer sabem quanto tempo permanecerá desta forma. Questões sobre como será o futuro e o que é preciso fazer para garantir a sobrevivência e a perpetuação das suas empresas vem à tona.

Dilema similar vivem as empresas familiares, acostumadas com a tradição, ao contato físico com seus clientes e fornecedores, com o marketing boca a boca, se veem agora diante de uma realidade assustadora, dessas que fazem jus as melhores charadas propostas pela esfinge:

“Decifra-me ou Devoro-te”!

esfige dilema empresas familiares

Abordagem sistêmica, uma nova ferramenta para o sucesso!

Assim como o desafio de se expor, promover e vender por meio das mídias sociais, é fundamental neste momento que as empresas consigam atuar com rapidez e assertividade nos conflitos internos que dificultam a gestão e fluidez do seu negócio.

E que os empreendedores e empresários consigam direcionar seus melhores recursos e esforços no lançamento de produtos que tenham o magnetismo necessário gerando o apelo de compra que o conecte ao maior número de clientes possível.

Como já citado acima, Bert Hellinger, criador das Constelações Familiares Sistêmicas, observou certa vez que também era possível utilizar o conceito das três Leis Sistêmicas (ordem, equilíbrio e vínculo) dentro das empresas.

Desta forma é possível identificar situações de desequilíbrio, diagnosticar a melhor abordagem de solução e ressignificar situações de conflito nos sistemas afetados. A essa abordagem ele denominou de Constelações Sistêmicas Organizacionais.

constelacoes empresariais

Na Escola VIDA, além da abordagem sistêmica construída junto a Ciência Hellinger, foram incorporados também ensinamentos e conceitos da Psicologia Comportamental, do Tantra e da Tradição Védica. Todo este corpo de conhecimento foi sendo desenvolvido e consolidado pelo professor Hilário Trigo ao longo de anos de estudos com outros professores e mestres, como o renomado Tony Robbins, que dispensa apresentações, e Sri Amma Bhagavan diretamente na Índia, entre outros.

Em 2020 a Escola VIDA lançou seu primeiro curso de formação em Constelações Familiares Sistêmicas para profissionais que desejam atuar no mercado promovendo o bem estar do indivíduo por meio de três esferas: Na Esfera do Eu, um olhar para a vida pessoal e a saúde, na Esfera das Relações, um olhar para a relação de Casal, Sexualidade e Família e finalmente a Esfera do Trabalho, uma abordagem voltada para a profissão, empresas e empreendedorismo.

Agora, esses profissionais têm a oportunidade de trazer por meio deste blog grande parte dos conhecimentos adquiridos, aliados às suas experiências pessoais e profissionais para colocar a serviço de vocês, empresários, empreendedores e todos aqueles que desejam ter um olhar mais aprofundado de si mesmo e das dinâmicas relacionais que atuam sobre as empresas, provocando desequilíbrios e emaranhamentos que afetam diretamente os resultados e sucesso dos negócios.

Então convido você, que dedicou uma vida ao negócio da família e agora se vê diante de um cenário delicado e incerto e que, embora saiba conscientemente que tem feito de tudo para dar certo, inconscientemente não consegue compreender porque os resultados são cada vez menores e o negócio não progride. Venha compreender como estas dinâmicas atuam e volte a ter resultados positivos!

Convido você que no passado se associou a uma ou mais pessoas e agora vê toda aquela sintonia que parecia vinda de um filme com um final feliz, transformar-se num verdadeiro campo de batalhas fazendo com que percam tempo e dinheiro com discussões superficiais, na maioria das vezes sem sentido e deixando o negócio totalmente travado, sem força para atrair novos clientes e principalmente resultados.

Venha conhecer uma técnica chamada Diagnóstico Sistêmico, é capaz de identificar o que está provocando essas dinâmicas de conflito e trazer a harmonia de volta ao seu negócio.

E você, empresário, acostumado com o sucesso e com a fartura, mas que de um tempo para cá começa a perceber que a força de seus lançamentos e produtos já não atraem mais resultados tão vultuosos.

Venha compreender o porquê deste desequilíbrio e, principalmente, conhecer uma ferramenta capaz de medir a força de um produto antes do seu lançamento no mercado.

E, por último, mas não menos importante, convido você, empreendedor, que está em um momento de transição na sua vida pessoal e profissional e deseja encontrar toda força e estrutura para se posicionar no mercado com produtos altamente atrativos. Venha conhecer o seu ponto forte e vulnerabilidades e principalmente aprender a lidar com eles de forma consciente e consistente.

Empresários e empreendedores, sejam todos muito bem-vindos a Escola VIDA!

Novas turmas do VIDA Empresas e VIDA Formação

Em dezembro de 2020 será aberta uma nova turma do VIDA Empresas;
E em janeiro de 2021 uma nova turma de formação em Constelações Familiares, o VIDA Formação.

Ingresse no grupo do Telegram, receba conteúdos gratuitos e saiba mais!

Conheça abaixo um pouco mais da equipe e dos profissionais que escrevem para o Blog da Escola VIDA na área de Empresas e Empreendedorismo:

Luis Pizzol, Administrador de Empresas com especialização em Finanças e Negócios, atua por 8 anos como Consultor e Constelador Sistêmico Organizacional, atuou por 25 anos como executivo de Grupo Empresarial Privado, 10 anos como Consultor Independente de Empresas, pilar do corpo Gestor da Escola VIDA, responsável pelo Time de Mentoria Avançada do VIDA Empresas.

Alexandre Mizuta, Administrador de Empresas com especialização em Gestão Estratégica do Agronegócio. Mais de 20 anos de experiência em multinacional norte-americana de máquinas e implementos agrícolas, atuando em Gestão de Processos e Vendas por meio da rede de concessionários, com forte compromisso na sustentabilidade do negócio e experiência do cliente. Terapeuta Sistêmico formado na Ápice Desenvolvimento Humano em Constelação Familiar Sistêmica Clássica e nos Movimentos do Espírito. Membro da primeira turma do VIDA Formação em Constelação Familiar Sistêmica da Escola VIDA, aluno de Hilário Trigo.

Lu Quintino, Mentora sistêmica de negócios digitais. Expert em nicho e posicionamento. Passou mais de 21 anos no mundo corporativo, lidando com projetos, mercados e liderando equipes completamente diferentes. Tem seu próprio negócio digital há 5 anos e tem como objetivo mostrar que é possível trabalhar com que ama e ser bem remunerado por isso.

Kátia Avelar, Mestre em Economia Empresarial, graduada em Economia e especialização em Gestão de Negócios. Durante 25 anos trabalhou em grandes empresas nas áreas de planejamento, gestão, controle, marketing, processos e projetos. Em algumas destas empresas, atuou como consultora externa. Atualmente, é consultora em Finanças Pessoais, nos formatos presencial e on-line. Criadora do Programa “Detox dos Gastos” para as redes digitais. Aluna do professor Hilário Trigo da turma do VIDA Formação.

Comente usando seu Facebook:

Sobre o autor

Alexandre Mizuta

Administrador de Empresas com especialização em Gestão Estratégica do Agronegócio. Mais de 20 anos de experiência em multinacional norte-americana de máquinas e implementos agrícolas, atuando em Gestão de Processos e Vendas, com forte compromisso na sustentabilidade do negócio e experiência do cliente. Terapeuta Sistêmico formado na Ápice Desenvolvimento Humano em Constelação Familiar Sistêmica Clássica e nos Movimentos do Espírito. Membro da primeira turma do Vida Formação em Constelação Familiar Sistêmica da Escola Vida, aluno de Hilário Trigo.

Pin It on Pinterest