A Postura Correta Para Um Novo Amor!

  • Artigos
Texto: Cinthia Nagahama | 20/03/2020 |
Visitas 458

Quantas pessoas você conhece que estão em um relacionamento de casal?
Quantas dessas pessoas vivem realmente um relacionamento profundo?

Muitas pessoas sequer sentem-se preparadas para viver um relacionamento. 

A verdade é que vamos reproduzindo nos nossos relacionamentos o modelo de mundo em que fomos criados e passamos a nos relacionar sem estar conscientes.

Não temos uma visão clara do que é um relacionamento com entrega e profundidade. 

Muitas vezes nos relacionamos de forma rasa, evitando os obstáculos, evitando olhar para o outro e encontrar a nós mesmos. 

Seguimos nosso instinto, damos vazão aos nossos sentidos e nos relacionamos entregando apenas o nosso lado mais profano. 

No vídeo abaixo conhecemos o Bruno, aluno da Escola VIDA. Ele conta brevemente seu caminho dentro da Escola Vida e relata que está em uma fase de transição onde no passado estava indisponível para o relacionamento de casal. Suas relações eram disfuncionais e ele se sentia fechado, se relacionando de forma profana. 

Como aluno de Hilário Trigo, pode fazer os ajustes necessários para que se sentisse disponível e pudesse viver um relacionamento funcional.

Seu questionamento é quanto a postura correta para um novo relacionamento. 

Na cidade de Rishikeshi, às margens do Rio Ganges na Índia o professor Hilário Trigo responde a pergunta do Bruno sobre relacionamento de casal.

O Bruno em seu caminho de desenvolvimento caminhou do extremo profano ao extremo sagrado e agora encontra as respostas para o equilíbrio. 

Assim como ele, todos nós somos presenteados com uma linda aula sobre sexualidade, relacionamento, profano e sagrado, consciência e benção.

De um lado o profano, do outro lado o sagrado.
De um lado sexo, do outro lado contemplação.
De um lado ação, do outro lado reflexão.
E se juntássemos todos os lados?
E se fossemos UM?
E se incluíssemos tudo?
E se houvesse um equilíbrio?

O professor Hilário Trigo ensina que em nossos corpos quando trabalhamos a sexualidade, o caminho para o desenvolvimento da espiritualidade é a energia da vida. 

A energia da vida, a Kundalini ela acorda em nossos corpos por meio de sete centros energéticos ou sete chakras.

Há um primeiro na base da coluna, há um segundo na altura dos genitais, há um terceiro um pouco acima do umbigo. Um quarto na altura do coração. Um quinto na altura da garganta, um sexto entre as sobrancelhas e um sétimo lá no topo da cabeça.

Os três primeiros centros energéticos nos conectam a Terra, ao que é denso, profano. 

Os três últimos chakras nos conectam ao céu, ao sútil, ao sagrado. 

O quarto chakra é o centro energético do equilíbrio, da equalização, que é na altura do coração. 

O caminho espiritual bem vivido é no coração, o quarto chakra

Nós não podemos viver dominados com a energia sexual apenas no profano, chakras de base, ou apenas no sagrado, chakras do topo.

O que é consciência professor Hilário Trigo?
Consciência é a nossa capacidade de ir aos extremos e retornar ao centro.

É a capacidade de experimentar o profano e o sagrado.

O profano é essencial para a nossa humanidade, faz parte de nossa condição humana. 

Nossos impulsos, instintos, sentidos, nossa sexualidade, fazem parte de nossa condição humana e não devem ser excluídos ou reprimidos, mas devem ser usados de forma consciente.

Consciência é aceitar a condição humana onde o profano e o sagrado se encontram. 

É fazer uso da condição humana dentro de uma visão sagrada, isso é relacionamento de casal profundo. 

A sexualidade profunda, não é um ato, é uma experiência. 

Profundidade não é sexo, é relacionamento. 

É onde duas pessoas estão disponíveis para o inesperado, curiosas para conhecer e experimentar tudo o que há no outro e em si, incluindo, imperfeições, bloqueios e dificuldades.

O que acontece quando não se está disposto a ir profundo na relação?
Quando sexo é apenas sexo, as relações podem gerar passivos emocionais. 

Cada pessoa que você se relaciona de forma superficial, pode gerar vínculo que funciona como um elástico te puxando em várias direções e te impedindo de avançar em um novo relacionamento.

Ao contrário quando você se relaciona com consciência e profundidade, os vínculos são bem construídos, há o carinho, há o respeito. 

Desta forma, todas as pessoas que você se relacionou te impulsionam e abençoam para que o novo tenha uma chance. 

O novo dá certo, tem chance, quando o que veio antes está em paz. 

Cada parceiro tem o seu lugar, assim são respeitadas as leis sistêmicas de ordem e pertencimento. 

Todos são incluídos em uma hierarquia.

Tem seu lugar especial no coração.

Somente há um lugar especial no coração quando vivemos uma relação profunda. 

Relação profunda significa exposição, vulnerabilidade, verdade. 

É relacionar-se com os limites e bloqueios de ambos os parceiros. 

Quando os dois concordam em ir profundo e estão disponíveis ao inesperado e a viver a dois a verdade que surgir. 

Ao final o que sobra é carinho, apreciação, admiração e um lugar especial no coração. 

O amor dentro dos relacionamentos longos significa apreciação, respeito.

Um amor que será vivido em nossos corações e nossas memórias por toda nossa vida. 

Assim como você guarda no seu coração a memória do café da tarde na casa da vovó quando era criança, ou aquele dia em que você quebrou o braço e todos os amigos queriam assinar no gesso e você se sentiu amado, assim devem ser todos os relacionamentos. 

Uma doce memória que faz parte de nossa história e tem seu lugar de pertencimento em nossas vidas e corações. 

Sob este olhar de gratidão, um relacionamento profundo onde ambos contribuem para experimentar e crescer. A tua presença na vida do outro atua como uma benção, uma força de propulsão. Isso é relacionamento de casal. 

Qual a sua postura nos relacionamentos? 

Relações com profundidade e consciência levam a propulsão. 

Relações levianas e rasas, te impedem de avançar.

Qual o caminho para uma relação profunda?
Qual o caminho para o equilíbrio entre o profano e o sagrado? 

Qual o caminho para fazer os ajustes necessários para uma nova relação?
Escola VIDA!

Venha estudar conosco em um caminho de desenvolvimento humano e desenvolvimento espiritual que une com maestria a Ciência Hellinger, Psicologia Comportamental e a Tradição Védica. 


REFERÊNCIAS
Cinthia Nagahama
Texto
Fonte dos Ensinamentos: Hilário Trigo

Recomendados para você

Qual é o caminho para uma vida bonita?

Esta é a história de um casal que se encontrou na Escola VIDA: Márcia e Cristiano. Após se conhecerem pessoalmente no presencial do Vida Espiritualidade, um dos programas da escola, conectaram-se profundamente e decidiram viver uma história de amor. E o que estreitou a distância entre eles? Uma carta...

Esta é a história de um casal que se encontrou na Escola VIDA: Márcia e Cristiano. Após se conhecerem pessoalmente no pr...

Como das Cinzas da Depressão Pode Surgir uma Grande Mulher?

Ela é dessas pessoas que tem tudo para dar certo. Bonita, inteligente, boa família, uma profissão de destaque. Mesmo assim foi vítima da depressão e viveu uma vida presa às dores do passado. Conheça a história de Caroline, uma advogada que depois de entrar na Escola VIDA, pode largar suas máscaras e construir para si uma vida de extrema felicidade.

Ela é dessas pessoas que tem tudo para dar certo. Bonita, inteligente, boa família, uma profissão de destaque. Mesmo ass...

Reação e Resposta: Como Estabelecer Boas Relações?

A forma como agimos frente aos nossos relacionamentos revela qual o nosso estado mais profundo. Reativo ou responsivo, descubra aqui como desenvolver o estado ideal para o despertar de uma vida plena!

A forma como agimos frente aos nossos relacionamentos revela qual o nosso estado mais profundo. Reativo ou responsivo, d...